Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Muitos motoristas se desesperam quando percebem algum tipo de vazamento de água no motor. Se seu carro está constantemente acendendo uma luz de alerta de falta d’água no painel ou você tem percebido poças embaixo do veículo ao estacionar, é preciso ficar atento, mas não precisa sair correndo para a oficina mais próxima. Com alguns passos básicos, você pode descobrir o que está causando este vazamento de água no motor.

É natural que a água do radiador diminua ao longo do tempo, afinal evaporações e pequenas perdas são consequência do uso diário. Então a luz de alerta no painel, muitas vezes, pode ser apenas um sinal de que está na hora de completar o nível do radiador. É importante observar que em alguns carros novos isso precisa ser feito com um fluído adequado, não com água.

Um dos maiores perigos para um motor é o superaquecimento e, em sua maioria, é causado pela quantidade insuficiente de fluído de arrefecimento – a chamada água do radiador. Por conta disso, é expressamente necessário saber identificar quando há ou não um vazamento de água no motor. Se mesmo após completar a água do radiador você achar que o nível está baixando em curto espaço de tempo, é possível realizar uma checagem rápida para averiguar se não está havendo um vazamento.

Descubra como identificar a origem de vazamento no seu carro:

Antes de recorrer para um mecânico e acabar gastando mais do que o planejado, você mesmo pode analisar alguns locais que podem estar corrompidos e causando o vazamento de água no motor do seu veículo.

Água pingando no chão muitas vezes não é um sinal de vazamento de água no motor, isso porque é normal haver gotejamentos em pequenas quantidades. A causa muitas vezes está relacionada aos sistemas de ar condicionado, que pingam abundantemente e com frequência. O primeiro passo é desligar o ar condicionado e perceber se a água pingando é quente. Se perceber que é quente, o problema não está no ar condicionado. Veja, abaixo, quais são as possíveis causas:

Junta do cabeçote danificada

A junta do cabeçote é a responsável por vedar o motor e impedir que a água entre por onde não deveria. Caso isso ocorra, pode se misturar e modificar a viscosidade do óleo lubrificante, aumentando o atrito entre os componentes do motor. Além disso, ainda há o risco de ocasionar o chamado calço hidráulico, que atinge pistões, bielas e até o eixo.

Muitas vezes a junta de cabeçote encontra-se danificada por já ter ocorrido algum sobreaquecimento anteriormente, podendo causar um vazamento de água no motor, provocando também perda de óleo.

Para evitar que ocorra a deterioração da junta de cabeçote, é necessário manter em dia as revisões periódicas, bem como as trocas de óleo lubrificante no tempo certo.

Mangueiras com rachaduras e com bolhas

Embora sejam feitas de borracha e planejadas para durar por muito tempo, com o uso, as mangueiras podem ressecar, aumentando o risco de rachaduras. A maneira mais fácil de identificar e evitar um vazamento de água no motor é observando sempre a conservação das mangueiras no seu veículo.

Para verificar, basta ligar o motor e analisar se há formação de bolha ao longo da mangueira. Mas atenção, tome muito cuidado para não encostar as mãos nas partes quentes do motor, ou na ventoinha.  Se você tiver algum tipo de experiência básica com mecânica, recomenda-se, ao retirá-las, colocar sabão na parte externa e após isso jogar água com pressão dentro da mangueira. Assim você perceberá se há ou não formação de bolhas, que podem estar provocando o vazamento de água no motor.

Braçadeiras frouxas

Se você já percebeu que está tudo bem com as mangueiras, mas ainda está notando que o vazamento de água no motor parece vir dessa região, o problema pode estar nas braçadeiras. Elas são responsáveis por prender as mangueiras e mangotes, vedando pela força. Caso elas estejam frouxas, seu poder de vedação estará prejudicado, provocando assim o vazamento do líquido de arrefecimento.

Problemas na serpentina

Hoje em dia quase todos os veículos no mercado possuem serpentina de ar quente. Localizada no interior do automóvel, elas quando estão danificadas podem provocar, em alguns modelos, vazamento de água para o interior do carro, muitas vezes percebido ao sentar no banco da frente e observar o tapete do assoalho molhado.

Tampas do reservatório ou do radiador

Apesar de serem fabricadas com plástico resistente e contarem com vedação de borrachas, próprias para resistirem às altas temperaturas, as tampas podem estar provocando o vazamento de água no motor do seu carro. Se for isso, você pode comemorar.

O problema muitas vezes é ocasionado apenas por um encaixe mal feito. Para resolver é simples e rápido: basta rosqueá-las corretamente. Apesar de raro, ressecamentos e rachaduras também podem ocorrer nessas tampas. Nesse caso, é preciso substituir a peça danificada.

Radiador furado

Falando em problemas raros, ter um radiador furado é algo não muito comum, tendo em vista ele só trabalhar com água desmineralizada e aditivada.  Entretanto pode acontecer e existem algumas causas para isso. A primeira delas é a utilização de água de torneira do sistema de arrefecimento durante um longo período. Caso você tenha utilizado, há sim uma possibilidade de ter corroído o radiador.

Entretanto, a mais possível de ocorrer, mas mesmo assim rara, é a perfuração por alguma pedra ou outro objeto que possa ter desprendido da pista enquanto o carro estava em movimento.

Para identificar se o vazamento de água no motor está vindo do radiador é preciso primeiramente ter um dia com tempo seco. Após deixar o carro esfriar, passe mão por baixo do radiador. Se for percebido a presença de água na região, é possível que esteja havendo um vazamento.

Concluindo

Um vazamento de água no motor pode muitas vezes ser solucionado de maneiras simples, como no caso do mal encaixe das tampas do reservatório ou do radiador. Identificá-lo com antecedência e sozinho é a melhor maneira para evitar dores de cabeça, como o sobreaquecimento, ou até mesmo gastar mais do que o necessário em oficinas, que muitas vezes podem cometer enganos propositais ou não.

Um bom caminho para evitar o vazamento de água no motor é sempre realizar as revisões periódicas e manter o nível de água no radiador. Entretanto, eventuais problemas podem ocorrer. Caso aconteça, mesmo que você identifique sozinho a origem do vazamento, é recomendável levar seu carro para uma oficina de confiança. Nesse local pode-se descobrir outros motivos para o vazamento de água no motor e ter melhores orientações para evitar que isso ocorra novamente.

Texto: Pemavel Veículos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
110 View