Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No último ano, o Conselho Nacional do Meio Ambiente aprovou algumas resoluções que aumentam o controle dos índices de emissão de poluentes dos veículos. Estas medidas têm como principal objetivo melhorar a qualidade do nosso ar e, consequentemente, o meio ambiente.

Com base nestas medidas, foi criada a Nota Verde que é uma lista com a avaliação dos índices de emissão de poluentes pelos veículos. A classificação é feita pela atribuição de zero a cinco estrelas, conforme o nível de emissão de gases. A nota final leva em consideração não só os gases poluentes, mas também a emissão de CO² que, apesar de não poluir o ar, é um dos maiores causadores do aquecimento global.

Portanto, se você nunca ligou muito para aquecimento global e meio ambiente, talvez possa se convencer a prestar atenção nos índices de emissão de poluentes dos veículos, já que neste caso, é a sua própria saúde que está em jogo.

Além do conhecido CO 2 (dióxido de carbono), que causa o efeito estufa, os automóveis com motores de combustão interna emitem também altos índices de emissão de poluentes. Esses gases são o CO (monóxido de carbono), o NOx (óxido de nitrogênio) e o NMHC (hidrocarboneto não metano).

Por isso, sem os programas como o Proconve (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores) e o uso obrigatório de catalisadores, o ar nas cidades hoje estaria totalmente poluído, tendo em vista que a frota circulante no país beira aos 55 milhões de veículos.

Tendo em vista todos estes riscos, a indústria automobilística trabalha cada vez mais com o intuito de diminuir os índices de emissões de poluentes na fabricação de novos modelos de automóveis. Por isso, hoje vamos te ajudar com uma lista dos carros mais econômicos e com menores índices de emissão de poluentes. Confira:

1. Peugeot 208 Active 1.2

Etanol: 10,4 km/l (urbano) / 11 km/l (estrada)

Gasolina: 14,8 km/l (urbano) / 15,8 km/l (estrada)

2. Renault Kwid Life 1.0

Etanol: 10,3 km/l (urbano) / 10,8 km/l (estrada)

Gasolina: 14,9 km/l (urbano) / 15,6 km/l (estrada)

3. Volkswagen Up TSI 1.0 turbo

Etanol: 10 km/l (urbano) / 11,5 km/l (estrada)

Gasolina: 14,3 km/l (urbano) / 16,3 km/l (estrada)

4. Citroën C3 Origine 1.2

Etanol: 10,2 km/l (urbano) / 10,8 km/l (estrada)

Gasolina: 14,3 km/l (urbano) / 15,6 km/l (estrada)

5. Fiat Mobi Drive GSR 1.0

Etanol: 9,8 km/l (urbano) / 11,1 km/l (estrada)

Gasolina: 14 km/l (urbano) / 15,9 km/l (estrada)

6. Fiat Argo Drive 1.0

Etanol: 9,9 km/l (urbano) / 10,7 km/l (estrada)

Gasolina: 14,2 km/l (urbano) / 15,1 km/l (estrada)

7. Ford Ka SE 1.0

Etanol: 9,2 km/l (urbano) / 10,8 km/l (estrada)

Gasolina: 13,5 km/l (urbano) / 15,7 km/l (estrada)

8. Renault Logan Authentique 1.0

Etanol: 9,4 km/l (urbano) / 10,2 km/l (estrada)

Gasolina: 14 km/l (urbano) / 14,9 km/l (estrada)

9. Ford Ka+ SE 1.0

Etanol: 9,3 km/l (urbano) / 10,7 km/l (estrada)

Gasolina: 13,2 km/l (urbano) / 15,3 km/l (estrada)

10. Fiat Uno Drive 1.0

Etanol: 10,4 km/l (urbano) / 11 km/l (estrada)

Gasolina: 14,8 km/l (urbano) / 15,8 km/l (estrada)

EXTRA: Quais são as consequências dos altos índices de emissão de poluentes?

A poluição do ar desencadeia diversas consequências para nosso corpo. Ela está relacionada com a diminuição da eficácia do sistema mucociliar das nossas narinas, aumento dos sintomas de asma, infecções das vias aéreas superiores e incidência de câncer de pulmão e doenças cardiovasculares. É importante frisar que crianças e idosos são os mais vulneráveis, sendo frequentemente internados, principalmente com doenças respiratórias.

O que fazer para diminuir os índices de emissão de poluentes?

Manutenções preventivas

A manutenção veicular é a melhor forma de restringir a emissão de gases poluentes do veículo. Alguns problemas, como a falta de calibração do motor, podem facilitar o índice de liberação dessas substâncias. Além disso, o automóvel sofre desgastes ao longo do tempo. Eles podem favorecer a falha de peças fundamentais, provocando o vazamento de elementos tóxicos.

Pense em outras possibilidades de rota

Quanto mais um veículo é utilizado, maior é o índice de emissão de poluentes que ele libera devido ao consumo de combustível. Logo, o ideal é que sejam feitas otimizações nas rotas para que os serviços sejam realizados com agilidade. Além de melhorar o tempo de execução de uma tarefa, diversos custos serão reduzidos.

Concluindo

A qualidade do ar pode melhorar ou piorar de acordo com as condições do tempo de uma cidade. Quando há períodos com baixa umidade e pouco vento, é comum vermos cidades com maior concentração de poluentes. Isso se deve ao fato de que a dispersão dessas substâncias ocorre lentamente. Sendo assim, é fundamental ter atenção redobrada em todas as dicas que passamos aqui.

Texto: Pemavel Veículos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
59 View