Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nada chama tanto atenção quanto retirar o carro da garagem e notar uma mancha de óleo no lugar em que estava estacionado. O vazamento pode parecer pequeno e até passar despercebido, mas em vários casos são alerta de que há algo errado com o veículo. Portanto, quanto antes você identificar o vazamento e procurar um mecânico, mais chances de grandes dores de cabeça serem evitadas.

Para te ajudar, selecionamos seis vazamentos em que você precisa ficar de olho e como identificá-los usando sinais como textura e cor. Vamos lá?!

1. Vazamentos no carro: marrom claro ao preto

Uma das substâncias mais comuns a escorrer de um carro, de cor âmbar a marrom/preto e é fácil de detectar: óleo do motor. É bem comum ver motoristas deixando esse problema de lado por considerá-lo corriqueiro ou algo que vai parar, assim, repentinamente. Mas, não é assim que um vazamento de óleo deve ser tratado. Ao notar qualquer indício desse problema, resolva-o o quanto antes. Um motor que não está sendo lubrificado, por exemplo, pode fundir e gerar gastos muito maiores que um simples reparo.
Além disso, outros tipos de vazamento do carro que podem interferir diretamente na segurança do veículo, como o fluido de direção e o fluido de freio.

2. Vazamentos no carro: avermelhado e fino ou grosso e marrom

resolvendo-vazamento

Foto: Reprodução/Internet

Esse vazamento de óleo pode ser semelhante ao do motor, mas, com um pouco de atenção é possível identificar facilmente as diferenças. No caso do fluido de transmissão, é um pouco mais espesso e encontrado, geralmente, no centro do carro. Algumas transmissões mais atuais têm um líquido vermelho, mais fino que o óleo e mais simples de ser reconhecida. O vazamento pode ocorrer de um selo de transmissão mal vedado. Porém, se você possui um veículo com transmissão automática ou que utiliza algum tipo de eixo cardã (tração traseira), se atente a esse tipo de vazamento. Outra maneira de notar se o fluido da transmissão automática está vazando é notar trancos repentinos nas trocas de marchas ou mesmo uma sensação de que o câmbio está “patinando”.

3. Vazamentos no carro: avermelhado ou castanho, de textura fina

Este tipo de vazamento está ligado diretamente à direção hidráulica do carro. Muito parecido com o fluido de transmissão, o fluido de direção hidráulica pode ser identificado por uma única diferença: o vazamento é na parte da frente do carro. Isso pode prejudicar a mobilidade do volante, causando até acidentes, pois o motorista está acostumado com uma direção mais maleável e fácil de guiar e com o vazamento do carro a dirigibilidade é prejudicada diretamente. Se você se deparar com este tipo de vazamento do carro, deve avisar o mecânico de sua confiança, para que o problema seja resolvido e, assim, dirigir com segurança.

4. Vazamentos no motor: transparente até marrom e escorregadio

Atenção redobrada nesse caso! Esse fluido pode ser de freio, mas muitas vezes é confundido com o óleo normal. Para diferenciar, repare na textura. Um simples teste pode ser feito com a ponta dos dedos: quanto mais escorregadio for o óleo, maior a probabilidade de ser o fluido de freio. Ao perceber esse tipo de vazamento do carro, o reparo deve ser feito imediatamente, pois afeta não só o funcionamento interno do carro, mas também a segurança no trânsito.

5. Vazamentos no carro: amarelo, verde ou rosa – pegajoso

Vazamento-do-carro-amarelo-verde-ou-rosa-pegajoso

Foto: Reprodução/Internet

Esse é o mais fácil de identificar: se for colorido, é líquido de arrefecimento! Nos carros mais antigos, isso acontece quando o motor fica muito quente, por isso, preste atenção. No entanto, o mesmo não ocorre em carros mais novos, que reciclam os excessos que são expelidos. Ao identificar esses fluidos, não significa que você vai conseguir solucionar o problema, mas você poderá ajudar muito mais o trabalho do mecânico na hora de apontar o problema.

6. Vazamentos no carro: claro e fino, parece água

Ao notar uma mancha de líquido clara, transparente, do lado do passageiro, não precisa entrar em pânico. Esse vazamento do carro, na verdade, é apenas água. É uma condensação que se acumula do ar condicionado quando está soltando o ar frio. Isso faz com que as poças se espalhem e criem essa sensação de vazamento de óleo. Não é um problema, mas é preciso ficar de olho. Mas, de qualquer jeito, se for em quantidades grandes ou em carros sem ar-condicionado, é melhor dar uma revisada em todas as peças que circulem água.

Dica importante

É importante salientar que só o um mecânico pode identificar quais são as causas do vazamento de óleo, fazendo uma análise completa no veículo. Só uma checagem detalhada de um especialista pode determinar com precisão as causas do vazamento. Por isso, procure uma oficina de sua confiança para fazer os reparos. Se prestar atenção em todas essas dicas, você vai afastar muitas dores de cabeça, agir com rapidez e resolver o problema de vazamento do carro.

 

Texto: Pemavel | Edição: Loyce Policastro/Netshare Marketing Criativo

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
2041 View