Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Muita gente pensa em trocar de carro, mas quem busca o melhor custo-benefício geralmente opta pelos carros seminovos. Nessa hora uma dúvida é como: qual é a quilometragem ideal para um carro usado? E é sobre isso que vamos falar no post de hoje!

Sabemos que quanto mais tempo de uso e quilometragem um veículo tem, maiores são as chances de o automóvel apresentar algum problema. Certo? Errado. Isso porque não importa apenas o ano do carro, mas se foi revisado e tem suas manutenções preventivas em dia e feitas de maneira correta. Ainda é importante ficar atento ao tempo de garantia oferecida pela loja e o que ela cobre. É importante notar também que alguns carros em revendas possuem garantia de fábrica – e esse é um ponto importante.

Além da garantia, você sabe quais são os outros aspectos que precisam ser verificados na compra de um veículo? Venha com a gente e descubra mais sobre isso e qual é a quilometragem ideal para carros usados!

Quilometragem

Identificar a quilometragem ideal para comprar um carro usado é um assunto que envolve algumas variáveis, já que tudo vai depender de como o veículo foi utilizado pelo seu antigo dono. Mas, de uma forma geral, a maioria dos carros usados começam a apresentar despesas inesperadas de manutenção a partir dos 80 mil quilômetros, onde os componentes como suspensão, buchas e embreagens já começam a sofrer um desgaste natural do tempo.

Esses componentes, normalmente, apresentam um valor maior em sua troca ou manutenção então, se essas trocas começam a custar mais do que 10% do valor do carro e as visitas ao mecânico começam a ser recorrentes, acenda o sinal de alerta.

 

quilometragem ideal (2)

Se o carro usado tem mais do que 100 mil quilômetros, dependendo da forma em que o veículo foi utilizado, as chances de problemas aumentam. Além da forma de uso, precisamos levar em conta o desgaste natural, bem como o cansaço e alterações estruturais causadas pelo tempo. Os carros usados que possuem manutenção preventiva em dia e que rodaram mais em estradas levam vantagens em relação aos outros veículos.

Sendo assim, vale prestar mais atenção em carros usados que tenham rodado entre 10 mil e 60 mil quilômetros. Isso não significa que todo veículo que já tenha ultrapassado os 60 mil quilômetros seja má escolha. Porém, carros com essa quilometragem ou mais já rodaram o suficiente para causar desgastes nas peças.

Não se prenda somente ao número bruto da quilometragem ideal. Você também deve dar atenção às revisões, os acidentes ocorridos, as modificações, trocas e, sobretudo, ao funcionamento do carro. São fatores que geram uma análise muito mais precisa sobre a qualidade do carro usado no momento da compra. Além disso, um número importante para se ter em mente é a quilometragem percorrida pelo carro ano a ano: a média do mercado é de 20 mil quilômetros a cada 12 meses. Esses números podem servir como indicativo para dizer se um veículo está ou não muito rodado.

Fique atento também a real quilometragem do carro para que as manutenções preventivas sejam feitas no tempo correto. Para verificar com clareza se houve adulteração, é necessário que o painel seja retirado e os lacres verificados. Por isso fique de olho: busque sempre lojas com credibilidade no mercado.

 

Desvalorização

Você certamente já ouviu ou viu alguém comprar um carro zero quilômetro e, após um ano, fazer a troca. Certo? O que muita gente não sabe é que a maior desvalorização do veículo usado ocorre justamente nesse período, entre 1 e 2 anos, onde o valor cai em até 20% já no primeiro ano, e algo próximo a isso no segundo.

Logo que o carro deixa de ser seminovo e se torna um carro usado, o seu valor começa a ter uma queda menos significativa no mercado. Por isso, além de se preocupar com a quilometragem ideal do seu carro usado, verifique também a sua desvalorização.

Estado físico atual do carro usado

quilometragem ideal (3)

Esse item é um pouco mais fácil de analisar e um dos mais importantes ao se escolher um veículo usado. A avaliação mecânica é capaz de dizer se você está fazendo um bom negócio. Então, aliar a opinião de um mecânico de sua confiança com a quilometragem ideal para realizar a melhor compra do seu veículo usado é o indicado.

Apesar de a quilometragem ideal ser um indicador muito importante do estado de conservação do carro, outros itens precisam ser observados:

– Barulhos estranhos no motor;

– Pintura com alguns pontos irregulares;

– Bancos e parte interna malcuidados;

– Pontos de ferrugem;

– Muita fumaça quando o carro é acelerado;

– Muitos componentes trocados, tirando a originalidade;

– Vidros com algum defeito;

– Borrachas soltas ou mal encaixadas;

– Rodas e pneus em estado ruim.

Outra dica muito importante para você fugir de manutenções muito caras é evitar carros que já tenham saído de linha. Encontrar as peças desses carros usados são mais difíceis.

Marca e Modelo

Como já falamos anteriormente, você não deve se prender somente a quilometragem ideal para comprar o seu carro usado. Além disso, fatores como marca e modelos também deverão ser considerados, uma vez que existem marcas que apresentam um empenho muito melhor em relação a outras.

Marcas japonesas como Honda e Toyota, são facilmente identificadas pela sua qualidade e resistência. Por isso, um carro destas montadoras, com cerca de 100 mil quilômetros rodados, por exemplo, provavelmente estará em ótimo estado, o que pode não ocorrer com outras marcas.

Sabemos que a quilometragem ideal é um parâmetro de análise muito importante e não deve ser deixada de lado. Mas como podemos ver, existem outros quesitos que também podem influenciar na sua escolha.

 

Texto: Pemavel Veículos.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
105 View