Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Quando você financia um veículo está fazendo um empréstimo junto a uma instituição financeira para que ela passe a pagar o custo do carro à concessionária. Como o compromisso assumido na compra de um carro financiado é considerado de médio a longo prazo, pode surgir a vontade de trocar o veículo antes mesmo da quitação da dívida.

Se está nessa situação, mas acha que não é possível trocar o seu carro financiado, já que o automóvel está alienado, não se preocupe. Reunimos, a seguir, algumas dicas para que você possa trocá-lo, mesmo ele ainda estando financiado.

O carro se enquadra na lista das aquisições concretizadas por meio de um financiamento, assim como outros bens duráveis para a maioria das pessoas. Em 2016, foram vendidos 5,3 milhões de carros financiados no Brasil, segundo um levantamento feito pela Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos, e o prazo médio para a quitação desses financiamentos ficou em 40,6 meses.

Quitar a dívida junto ao banco

Se está com a ideia de trocar o seu carro financiado, o primeiro passo é escolher o seu próximo veículo, certo? Errado. Antes de qualquer coisa, é preciso que você saiba o valor exato para acabar com o financiamento, assim conseguirá se planejar, ainda mais se decidir quitar a dívida junto ao banco. Essa opção para trocar o carro financiado é bastante atrativa, ainda mais por conta do desconto dado no valor total da quitação do financiamento, que pode chegar a até 30%. Funciona assim: se ainda faltam 10 prestações de R$ 500,00 para que você quite o financiamento do seu carro, por exemplo, ao pagar esse valor à vista, ao invés de R$ 5 mil, você pode desembolsar R$ 3,5 mil, devido aos abatimentos dos juros.

Transferir o financiamento para outro comprador

Outra opção é passar a dívida do financiamento para o comprador, que irá assumir as parcelas restantes previstas no contrato. Essa transferência, porém, não depende apenas de você. Para que seja aprovada, é preciso que o banco faça uma análise de crédito de quem pretende comprar o seu carro e, independentemente se for ou não aprovada, ela será cobrada. Por isso, pode ser uma escolha mais demorada e com probabilidade alta de não ser autorizada, já que a aprovação depende de uma série de fatores, como comprovação de renda e situação cadastral em órgãos de proteção ao crédito. É comum que, ao querer trocar o seu carro financiado, algum conhecido, ou até mesmo alguém da família, mostre interesse em assumir o financiamento. Nesses casos, fuja de contratos de gaveta. Você deve se resguardar e jamais concordar em deixar o financiamento em seu nome.

Vender para concessionárias que quitam a dívida do carro financiado

Verifique se o valor da dívida não é maior do que o do próprio veículo no mercado. Isso acontece, geralmente, quando o financiamento é recente. Por exemplo, se você comprou um carro de R$ 30 mil e está começando a pagá-lo, provavelmente o valor do financiamento excede o do veículo por conta dos juros cobrados. Apesar de simples, todo o processo de compra ou venda de um veículo tem burocracia. Por isso, para fazer um bom negócio na troca do seu carro financiado, principalmente se você não tem como arcar com o valor pendente relacionado ao financiamento, é vendê-lo para uma concessionária, que irá assumir a dívida e quitá-la junto ao banco. Melhor ainda se, nessa mesma revenda, você encontrar o carro pelo qual você quer trocar o seu antigo.

Gostou das dicas? Para ter sempre acesso ao blog da Seiko e não perder nenhuma atualização, cadastre seu e-mail e fique de olho!

imagem-blog3

 

Foto: Reprodução Internet

Fonte: Permavel – Edição: Loyce Policastro

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
2505 View